Na falta de um, vieram 5!

6 06 2008

Nome a banda ainda não tem. No currículo não consta nenhum show. Desde que foi concebida no final de 2007, sóforam alguns ensaios. Mesmo assim, o grupo de pop rock, liderado pela vocalista Talita Simon, atraiu 5 candidatos para a vaga de guitarrista da banda.

Para meus ouvidos leigos (e um pouco hiperbólicos), esse fato soou como uma notícia incrível. Mas, nem é tão novidade assim. Fazer testes para escolha de novos integrantes é uma prática comum também nas bandas em início de carreira.

A própria Talita já se submeteu a este tipo de teste. Dona de um vozeirão, sempre quis ter uma banda só de meninas. Quando descobriu uma à procura de vocalista, não teve dúvida. Dias depois já estava cantarolando as 4 músicas requisitadas para o teste. Logo, oficialmente já soltava a voz acompanhada das outras garotas.

O guitarrista escolhido pela banda de Talita foi um exemplo de candidato. Thiago Schiefer (sim! O mesmo que mês passado falou sobre como gravar um CD demo) queria tanto entrar no grupo que passou 2 semanas ensaiando as 4 músicas pedidas.

Mas, nem todos aspirantes à vaga de guitarrista na banda-ainda-sem-nome foram tão empenhados.

“Teve gente que chegou meia hora atrasado (num estúdio que pagamos por hora). Outros faziam piadas de mal gosto, ou que ainda não tiravam as músicas pedidas e queriam tocar músicas que só eles sabiam tocar”, conta Talita com um certo ar de indignação.

Para facilitar um pouco a vida das bandas sem integrantes, o site Cifraclub, no espaço Forme Sua Banda, oferece uma espécie de classificados virtual para músicos e bandas. O pessoal da Banda Z.E.N – Zelamos Espaços Naturais, encontrou seu atual baterista lá.

“Busquei alguns nomes de bateristas que tinham nossa faixa de idade (entre 18 a 21 anos) e então enviei o convite a umas 3 pessoas”, conta Vagner, vocalista do grupo. “Um mês depois nosso atual baterista nos respondeu”. Como ainda não se conheciam, Vagner lembra que combinaram até com que roupas estariam vestidos. “O Fé [guitarrista] não parava de falar: ‘Meu e se for um ladrão?'”.

No final, César – o bateirista misterioso- era apenas um bateirista mesmo e, agora, integrante da banda. E, apesar de não mais precisar usar o serviço do site Cifraclub, Talita e sua banda continuam na saga por um nome. Você tem alguma sugestão?

Por Talita Abrantes

Anúncios

Ações

Informação

5 responses

8 06 2008
maria carolina

NOssa, q bacana… tipo conseguir 5 pessoas pra uma vaga d guitarrista em uma banda q nem tem nome ainda! isso eh mto legal. pq mostra q eles n estao entrando por fama (eu axo), mas pq realmente gostam de tocar! pra comecar a fzer apresentacoes eh necessario ter um nome????

8 06 2008
Douglas

Uau!!! Realmente tem que gostar de tocar mesmo heim… Achei legal a procura pela vaga de guitarrista! Show de bola!!

9 06 2008
Mariana

Muito legal

9 06 2008
Vitor Cid

Isso mostra o quanto a cena brasileira underground é disputada! Não existem muitos concursos para bandas novas e as poucas oportunidades de entrar para este seleto grupo são a tapa por aqueles que tem potencial! Queria ouvir o som dos caras pra ver se a escolha do guitarrista foi acertada… ahahahahaha….. põe uns mp3s pro povoooo!!!

11 06 2008
Bartira

acho q talvez seja original ficar sem nome mesmo… seria pós moderno… rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: