Do sertão: Nhambuzim

15 06 2008

“Nhambu canta até hoje, avisando o povo que a noite está para chegar. Que já é hora de largar o trabalho. Que já é hora de descansar, hora de festa, hora de cantoria. Tem gente que chama de nambu, inhambu. Nós o chamamos de nhambuzim”
(extraído de www.nhambuzim.com)

Estava eu em mais uma das minhas andanças para o documentário sobre universo musical de Guimarães Rosa quando o canto se enlaçou em meus ouvidos. Era uma noite fria de junho. E o Instituto de Estudos Brasileiros estava vazio. Mas, o pássaro feito em gente teimava em solfejar as histórias de um reino nem tão distante. Feito de sequidão de clima, porém riqueza de cultura. Feito de poesia, porém verdade.
Feito de genialidade rosiana.
Em São Paulo, o pássaro se fez em sete e se batizou Nhambuzim. Ganhou um ar urbano. Misturou-se entre canto, berrante, piano e outros instrumentos muito ou nada convencionais.
No centenário de nascimento de João Guimarães Rosa, próximo 27 de junho, Nhambuzim lança seu primeiro CD, Rosário. Inspiradas nas obras do autor, as 17 músicas do álbum recriam a sonoridade e o imaginário sertanista.
Exemplo disso é a canção Um Miguilim, de Edson Penha e Xavier Bartaburu. Baseada na (adorável) história do garoto Miguilim, a música não está centrada na narrativa, mas na experiência do letrista diante do mundo desenhado por Guimarães.

“Um Miguilim
Que arrebenta a trava do ver
Que arrebata em turvo espelhar
Quem conhecer, sem esperar,
nele a si próprio vê. Lá!”

Realmente. Para uma apaixonada por Guimarães, Nhambuzim é um prato cheio para os ouvidos. Quem quiser avaliar se o canto de Nhambuzim é tão-tão assim, confira as músicas no site do grupo e não deixe de ir ao show de lançamento do CD Rosário. A entrada é franca.

Centro Cultural São Paulo
Onde: Rua Vergueiro, 1000
Quando: 27 de junho, às 19h30
Ingresso: entrada franca

Saiba de eventos e outros grupos que se inspiram em Guimarães Rosa no blog do documentário – www.sertaoemusica.wordpress.com

Por Talita Abrantes

Anúncios

Ações

Informação

5 responses

15 06 2008
poetriz

Muito bacana a dica.
Adoro essas coisas inspirada em literatura.
E ouvi a música, bem gostosa a melodia.

Bjs!

15 06 2008
Vitor Cid

Muito show…. música e poesia é o que falta na cultura brasileira!
Abaixo o Créu e viva as pessoas que amam uma cultura de qualidade inquestionável! Viva Rosa…. graças a Deus não morreram todos os artistas para a boa arte! Hoje a maioria vende a alma pelo dinheiro fácil e esquece que nosso ouvido merece coisas boas….

16 06 2008
Carol

Puxa! Adoro Guimarães Rosa! Sou do Rio de Janeiro e gostaria muito de conferir esse som ao vivo. Alguém sabe me informar se existe a possibilidade do Nhambuzim passar por aqui?

16 06 2008
Talita Abrantes

Oi, Carol. Irei entrevistá-los em breve e posso conferir se (e qd) eles farão um show aí no Rio! Obrigada pela visita!

16 06 2008
Mariana Toledo

Eu também gosto muito de Guimarães Rosa e me interessei pelo show, acho que vou…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: